Remodelação de habitações com vista à eficiência energética em Portugal – Apoiosdo Governo à colocação de novas janelas em habitações anteriores a 2006.

Com enfoque na necessidade de preservação do ambiente e no necessário incentivo da atividade económica em Portugal, simultaneamente não pretendendo onerar os cidadãos, o Governo Português introduziu um regime de reembolso na substituição de janelas normais por janelas eficientes do ponto de vista energético, em habitações anteriores a finais de 2006.

Um dos melhores fornecedores de janelas em Portugal, A LOJA DAS JANELAS, em Cascais tem vindo a servir várias áreas como Lisboa, Oeiras, Mafra, Sintra, Setúbal, etc. no que toca a janelas Alemãs Rehau de alta qualidade, vidros Saint-Gobain, caixilharia, etc. A nossa equipa de profissionais ajuda-o a fazer a melhor escolha de acordo com as suas necessidades, seja para a renovação da sua casa em Oeiras ou para a remodelação do seu escritório em Lisboa, tornando-o funcional e bonito.

Anunciado no início de Setembro pelo Ministério do Ambiente para a transformação de habitações construídas até final de 2006, o programa entrou já em operação.

O novo programa do Governo do Fundo Ambiental vai disponibilizar 4,5 milhões de euros para tornar as casas construídas até 2006 mais eficientes energeticamente como forma de fomentar a atividade económica.

De acordo com um comunicado divulgado, esta quarta-feira, o ministério do Ambiente vai apoiar pequenas obras, como mudança de janelas ou colocação de painéis fotovoltaicos. As obras ou compras de material podem ser comparticipadas a 70%, com um limite de até 7.500 euros.

“Cada candidato está limitado a um incentivo total máximo de 15.000 euros, sendo o limite máximo por edifício unifamiliar ou fração autónoma de 7.500 euros”, lê-se no comunicado. Mais detalhes podem ser lidos aqui: https://jornaleconomico.sapo.pt/en/news/government-helps-pay-for-new-windows-in-homes-prior-to-2006-631958

  Este artigo também informa que o programa, que tem um envelope financeiro de 4,5 milhões de euros (1,75 milhões de euros este ano e 2,75 milhões de euros em 2021), começa a funcionar no dia 7 de setembro e está enquadrado no programa de recuperação económica incluído no Orçamento Suplementar para este ano e destina-se a pessoas (não empresas) que detenham frações ou prédios residenciais construídos até finais de 2016.

Na nossa loja, oferecemos uma variedade colossal de janelas, vidros e portas de segurança e acolhemos o plano Governamental com as melhores sugestões de apoio. Para qualquer esclarecimento, por favor não hesite em contactar.